Nossos Leitores Obrigado Por Ler

QUEM É PRESIDENTE DO BRASIL AFINAL DAS CONTAS: LULA OU DILMA, NINGUÉM AGUENTA MAIS VER A CARA DO DITADOR LULA, AVISEM PRA ELE QUE AQUI NÃO É CUBA

Quando liguei a  tv  levei um susto e não acreditando o que estava  vendo  pensei  que  o Brasil  tivesse  outro  Presidente e não a  atual, foi  falta de vergonha  na cara  tanto  do PT  como do LULA, aqui não  é  CUBA  não, se ela  foi  eleita  era  para ela dar  o seus discurso e  não  outro.



Em protesto contra uma propaganda política do PT exibida em rede nacional nesta terça-feira 5, moradores de algumas cidades do País fizeram mais um "panelaço" durante aproximadamente 10 minutos, mesmo tempo da inserção petista. Pelo Twitter, usuários relataram a manifestação em várias capitais brasileiras. Os primeiros "panelaços" aconteceram em pronunciamentos da presidenta Dilma Rousseff.

No vídeo, o PT mostra que tenta se reaproximar da esquerda e das classes mais baixas, beneficiadas pelos programas sociais implementados pelo partido desde 2003. Na peça publicitária, o ex-presidente Lula assume o protagonismo, fala das conquistas dos direitos trabalhistas e critica com ênfase, por exemplo, a aprovação do projeto de lei 4.330/04, que regulamenta a terceirização para qualquer serviço, inclusive atividade-fim.

Além disso, assuntos como imposto sobre grandes fortunas, igualdade de gênero, redução da maioridade penal e financiamento empresarial de campanha ganharam espaço no programa do partido na TV. 

O programa do PT veiculado em rede de nacional de TV foi alvo de "panelaços" em pelo menos 22 Estados e no Distrito Federal na noite desta terça-feira (5). O programa havia sido divulgado na manhã desta terça-feira  no perfil do PT no Facebook e ao longo de todo o dia, diversas convocações para panelaços foram feitas nas redes sociais.

Panelaços foram registrados nos Estados da Paraíba, Pará, Paraná, Rio Grande do Norte, Sergipe, Santa Catarina, Espírito Santo, Goiás, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Alagoas, São Paulo, Piauí, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Maranhão, Ceará, Goiás, Amazonas mais o DF.

Esta não é a primeira vez que o PT é alvo de panelaços espalhados pelo Brasil. O primeiro foi registrado no dia 8 de março, durante o pronunciamento em rede nacional de TV da presidente Dilma Rousseff (PT) em alusão ao Dia Internacional da Mulher.  À época, os panelaços ocorreram em pelo menos doze capitais, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre.

Um segundo panelaço foi registrado durante uma semana depois, no dia 15 de março, durante a transmissão de uma entrevista coletiva com os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto. 

Um dia depois, em 16 de março, durante uma reportagem veiculada sobre a presidente Dilma no "Jornal Nacional", da TV Globo, um novo panelaço foi registrado em pelo menos nove capitais.

O temor de mais panelaços foi apontado como um dos motivos pelo qual a presidente Dilma Rousseff não fez, pela primeira vez desde que assumiu a Presidência da República, o discurso em homenagem ao Dia do Trabalhador (1º). Em vez de um pronunciamento em rede de rádio e TV, a presidente optou por divulgar, na internet, um pronunciamento. 

Os movimentos "Vem Pra Rua", "Revoltados On Line" e "Movimento Brasil Livre", alguns dos que lideraram as manifestações anti-Dilma em março e abril em diversas cidades do Brasil, usaram seus perfis no Facebook para convocar panelaços em todo o Brasil.

No programa desta terça-feira (5), que contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT destacou conquistas trabalhistas e se posicionou contra a maioridade penal, o financiamento privado de campanhas políticas, a terceirização para atividade-fim e afirmou que expulsará filiados condenados por "malfeitos".

NO GOLFO DE URABÁ A MARINHA NACIONAL DE COLOMBIA PRENDEU 41 CUBANOS

A Marinha Nacional da Colômbia encontrado segunda-feira no Golfo de Urabá, na fronteira com o Panamá, 41 indocumentados cubanos -24 diferentes nacionalidades que foram transportados em três navios para seis colombianos que foram capturados, informou a Notimex.


Este caso é "uma das maiores descobertas em anos recentes migrantes que seria ilegal que transitam pelo país a chegar à América Central e, posteriormente, transportados redes alegadamente contrabando", disse a instituição em um comunicado .

A operação foi realizada por "unidades da estação da Guarda Costeira em Urabá, que interceptou três barcos de cada vez ao tentar ilegalmente para chegar à fronteira com o Panamá", disse ele.

De acordo com a Marinha, os 41 imigrantes, 24 são de Cuba, 14 Ghana, dois dos Camarões e um do Haiti, que foram mobilizados por seis colombianos que serviram como "coiotes".

Até agora este ano, 208 migrantes irregulares de países como Cuba, Nepal, Bangladesh, Gana, Camarões, Indonésia e Haiti foram encontrados.

ALERTA GERAL: POR FAVOR COMPATILHEM VOCÊ PODE SER A PRÓXIMA VITIMA: EM NOVA ESPERANÇA PARANÁ MARGINAIS ESTÃO APKLICANDO A " PESCA" NOS CAIXA ELETRÔNICOS O VIDEO ESTA NO BLOG , O QUE FAZER: PODE REGISTRAR BOLETIM DE OCORRÊNCIA ENVELOPES SÃO PRESOS POR BARBANTE FINO, LINHA A ATÉ FIO DENTAL, CABE A DECAP INVESTIGAR E SOLICITAR IMAGENS INTERNA DO BANCO PARA IDENTIFICAR QUE O FEZ , MUITO CUIDADO É MELHOR FAZER DEPÓSITO NA BOCA DO CAIXA DO BANCO

RENATO SANTOS

A Policia Militar de Nova Esperança paraná  alerta  a todos usuários de  caixa eletronico de bancos 24  horas, ao fazer o depósito  nos  caixas eletronicos  tomarem muito  cuidado.


Sempre procurar funcionários  do banco ou chamar  uma viatura  da  PM, para certificar  se  há cordinhas dentro  do depósito dos envelopes.


Pois  marginais  estão usando de  tática  nova para  furtar  o dinheiro das  vítimas, sem que  elas percebam  que  foram roubadas, é  as chamadas  retiradas de  depósito  na boca do  caixa, isso aconteceu  na CIDADE DE  NOVA ESPERANÇA PARANÁ, no centro da  cidade  no Banco do Brasil.

Eles  usam  uma latinha " vagabunda  "  com um barbante ou  linha  fina, o video esta  no  blog, lá a  vitima  faz  o registro em conta, e depois  de informado o valor do depósito  coloca  o envelope, porém,  quando entra  no caixa  eletrônico, o  mesmo  fica  preso  pela  linha ou barbante fino  e  depois  os  marginais  entram nos  caixas  e puxa  o mesmo.

Depois, a  vitima  pensa  que  o depósito  foi realizado  pega  o comprovante e  vai embora, mas não sabe que  foi  vitima desse  novo tipo de crime, quando depois  fica sabendo  que  o depósito não  foi  concluído pelo motivo que  o envelope  não está depositado.

Para  evitar  filas  no banco, é que foi criado  o sistema de caixa eletrônico, mas,  mediante  dos  fatos  o melhor  é mesmo voltar a  fazer depósitos  no  boca  do caixa  do banco.

OUTRO CASO  OCORREU  EM  CAMPO GRANDE

A Polícia Civil investiga dois casos de tentativa de furto em caixas eletrônicos em Campo Grande. Os crimes ocorreram na noite de terça-feira (11) em duas agências bancárias. Segundo a polícia, nos locais foram encontrados fio dental na entrada de envelopes de depósito dos equipamentos. Essa prática é conhecida como 'pescaria'.

O primeiro caso ocorreu por volta das 19h (de MS) em uma agência que fica na avenida Calógeras. A vítima, uma jovem de 26 anos, disse à polícia que faria um depósito de R$ 715 em um envelope que havia levado de casa, quando o mesmo ficou preso no caixa.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher tentou puxar o envelope, mas não conseguiu. Ela ainda teve a ajuda de um homem que, ao utilizar uma chave de veículo, conseguiu retirar a ponta de um fio dental de dentro do equipamento. O envelope estava preso ao fio.

A jovem chegou a ligar na agência para informar, mas foi orientada a procurar a polícia. As polícias Militar e Civil e a perícia estiveram no local.

O segundo caso ocorreu às 20h50 em uma agência bancária que fica na avenida Eduardo Elias Zahran. No local, a polícia encontrou um material preto enrolado em um fio dental em três caixas eletrônicos. O objetivo era pegar os envelopes de depósitos.

Na agência, estiveram presentes as polícias Civil e Militar, a perícia e a gerente-geral da agência. Na análise das imagens das câmeras de segurança, um homem foi visto montando a armadilha.

Os peritos fizeram a coleta de digitais. Os dois casos foram registrados como 'furto qualificado com abuso de confiança ou mediante fraude ou escalada e destreza na forma tentada' na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).


URGENTE LILIAN TINTORI E MITZY CAPRILLES ESTÃO NO BRASIL CHEGARAM HOJE ELAS VIERAM PEDIR AJUDA DO BRASIL, MAS A DILMA DEVE IGNORAR O PEDIDO DAS DUAS E INFELIZMENTE NÃO TERÁ APOIO DE CUNHA E NEM DO GOVERNADOR GERALDO ALCKIMIM JA QUE O PT, PMDB E PSDB FAZEM PARTE DO FORO DE SÃO PAULO E RECEBEM ORDENS DOS IRMÃOS CASTRO

Lilian Tintori, esposa de Leopoldo López e Mitzy Capriles Ledezma, esposa do prefeito de Caracas Antonio Ledezma, chegaram hoje ao país para alertar sobre o atual estágio ditatorial da Venezuela e pedir ajuda aos seus conterrâneos.


No roteiro pelo país, as duas serão recebidas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB/SP) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

A presidente Dilma Rousseff deve ignorar os apelos das duas e ignorar a presença delas no país devido à enorme proximidade do PT com o regime chavista.

Leiam abaixo o artigo de Lilian Tintori publicado no dia 3 de maio no jornal O Globo em que ela fala sobre a visita e o que o Brasil pode fazer para ajudar a salvar seu país do julgo totalitário:

O povo da Venezuela precisa da ajuda do Brasil

Faz pouco mais de um ano, meu marido, Leopoldo López, líder do partido político Vontade Popular, com outros líderes da oposição e estudantes, organizou um protesto massivo para responder à rápida deterioração econômica e à insegurança em nosso país. A convocatória, não violenta, constitucional e democrática, foi para pedir a mudança de um governo corrupto, ineficiente e repressivo, que viola sistematicamente os direitos de seu povo.

Esse movimento, chamado “A saída”, oferece alternativas institucionais estabelecidas pela Constituição da Venezuela: realizar um referendo, uma Assembleia Constituinte, emenda constitucional, reforma constitucional ou a renúncia do presidente. O governo respondeu com mão de ferro aos protestos. O saldo foi de 44 mortos, 3.718 detenções arbitrárias, e 44 presos políticos. Entre eles, meu marido.

Leopoldo está no cárcere acusado de incitação pública, danos contra a propriedade e conspiração para delinquir. A Anistia Internacional classificou essas acusações de “tentativa de motivação política para silenciar a dissidência”. O Alto Comissariado para os Direitos Humanos, o Grupo de Trabalho sobre Detenção Arbitrária, o Comitê contra Torturas, todos das Nações Unidas, assim como o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), o Human Rights Watch, e vários parlamentos — recentemente Chile, Espanha e Colômbia — e governos pediram sua libertação. Apesar disso, o governo da Venezuela permanece obstinado em mantê-lo preso por pelo menos uma década.

Maduro desmantelou sistematicamente nossas liberdades fundamentais, a liberdade de expressão, de associação, de imprensa e de opinião, e a mais fundamental: o direito à vida, porque a cada 20 minutos morre um venezuelano por causa da violência. Meu marido crê que o povo venezuelano merece um futuro melhor, de paz, prosperidade e bem-estar.

O principal argumento do governo é que a conclamação de Leopoldo tinha mensagens “subliminares” para provocar violência. Este argumento caiu quando a principal testemunha de acusação, uma especialista filiada ao Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e com doutorado em Linguística admitiu que “as mensagens de López não são subliminares; são claras, diretas e específicas. Pedem a não violência. Nunca houve um chamamento à violência por parte de López”. Sem esta evidência não há caso.

O governo da Venezuela deve saber que não pode pisotear nos direitos de seu povo com impunidade. Faço um chamado aos líderes do Brasil e, especialmente à presidente Dilma Rousseff, para que utilizem sua liderança dentro e fora de suas fronteiras a fim de que, mediante seus compromissos regionais com OEA, Unasul, Celac, se envolvam e ajudem a construir uma solução que respeite os princípios universais de respeito aos direitos humanos e democracia, e que incluam: 1) um chamado à libertação de presos políticos; 2) o fim da repressão e perseguição a quem pensa de forma distinta; e 3) a garantia, por meio de organismos especializados, da imparcialidade das eleições que se avizinham na Venezuela, para que sejam livres e justas.

Minha voz não basta. Os líderes da região, e principalmente a maior democracia da América Latina, a cargo da presidente Dilma Rousseff, têm a responsabilidade de materializar as aspirações dos habitantes de sua região. Ninguém melhor do que ela conhece as violações dos direitos humanos, a tortura, a prisão ilegal e a arbitrariedade. O Brasil não deveria ter medo de defender o que é correto.

Hoje na Venezuela, vivemos em crise, não temos segurança, mas temos esperança de que a região esteja acordando com relação aos horrores que ocorrem em nosso país, e esteja pronta para apoiar, com solidariedade, o povo da Venezuela, tendo o respeito aos direitos humanos como pilar.

BLAS DE PAZ SANTOS ESCREVE A TRAIÇÃO NA POLITICA NÃO HÁ PERDÃO

Traição na política.
Blas De Paz Santos.
#HablandoClaroSinCensura
2015/02/05 ESPECIAL  p/ gazeta central

"Eu tinha sonhado com uma república reverenciado em todo o mundo. Eu não podia acreditar que os homens eram tão feroz e tão injusto "Laridon Lucile Duplessis.


Na política muito regularmente ele usou o termo "traidor" como um qualificador entre os dissidentes ambos do mesmo partido como outras partes para reduzir a posição hierárquica tem dentro da organização ou ao nível nacional.

Traição é um comportamento recorrente de políticos e seus aprendizes, é um comportamento sempre presente na vida pública, é uma ética pessoal açoitarão, é uma ferida inflamada na cara do traidor.

Traição política é uma das formas mais desprezíveis de corrupção pessoal, mas estamos acostumados a ver em várias ocasiões "desculpas" como a solução para o seu "erro" e nós queremos saber o traidor pode deixar de ficar a sós com o perdão ? É o perdão suficiente para voltar a confiar o traidor?

De acordo com Maquiavel diz: "Traição é o único ato de homem não é justificado". E ele menciona "a inveja, a cobiça, a crueldade, a inveja, o despotismo são explicáveis ​​e mesmo eles podem ser perdoados, de acordo com as circunstâncias; traidores, no entanto, são os únicos seres que sempre merecem as torturas do inferno, com nada que possa desculpá-los ".

A traição é um dos atos desprezíveis, vis, desprezíveis e vergonhosos que um ser humano pode cometer contra o outro, contra a sua, grupo religioso político, contra os interesses de seu país. 

Na campanha, vemos muito regularmente e ofertas enganosas impossíveis feitas a potenciais eleitores, a fim de ascender a diferentes níveis de poder político. Alcançado este objetivo, com muito pouca vergonha pela traição levantada com premeditação.

No presente momento a honra dos políticos é como espécies em perigo de extinção, vemos emergir de situações armadilhas sorridentes. De preocupação é a constante deterioração em curso na classe política para permitir que seu cúmplice silenciar esses profissionais de engano, o dolo, a corrupção ea fraude para as pessoas que eles são devidos.

Os jovens, estudantes e representantes da classe trabalhadora em diferentes empresas do país, tomaram as ruas para desafiar o regime em defesa de seus direitos sociais e económicos e esmagadoramente se sentem traídos por seus "líderes políticos", tanto o sector público como oposição, o regime respondeu com uma repressão brutal, violações dos direitos humanos, a criminalização dos protestos e repressão daqueles que protestaram. 

A oposição dividida, onde um setor não acompanhou e questionada, e outro setor participaram da rua lutando por seus direitos fundamentais.

Com desculpas para aqueles que nos traiu em diferentes circunstâncias políticas não resolvermos a crise profunda. A situação crítica do país está indo exige respostas urgentes e adequadas às necessidades da população, para prevenir a violência de que são a vida diária. 

Rejeição e desprazer de regime corrupto e incompetente superior a 80%, onde o público perdeu a confiança nas instituições públicas, a impunidade é mais de 95%, passeios de corrupção em todos os sectores, incluindo as forças armadas que perderam prestígio nacional.

Uma forma de sair deste regime e seus lacaios, para iniciar o processo de transição democrática é necessária.

"Nós herdeiros da república, nós filhos de democracia, temos nesta hora, a responsabilidade e o dever, obrigação histórica de as gerações de venezuelanos que deram suas vidas para construir uma república e uma democracia, seus filhos, Hoje, com as gerações vindouras, que amanhã vai olhar nos olhos deles e dizer-lhes com orgulho, sabíamos defender a herança, democrática e republicana da Venezuela, que, na pior ameaça de dominação, que nos encontrávamos, e nós voltar para a tirania que agora pretende humilhar e quebrar-nos "Maria Corina Machado.

Blas De Paz Santos
#HablandoClaroSinCensura
2015/02/05
www.blasdps.over-blog.com
blasdps@gmail.com
blasdps

CONRADO PÉREZ, VETERINÁRIO, VAI LUTAR CONTRA O ATUAL REGIME FOCARÁ SUA COMUNIDADE DE TRUJILLO NA VENEZUELA E ELE RESSALTA NA ENTREVISTA COM NOSSO ESPECIAL REPORTER IRBING QUE SÃO UMA FORÇA JOVEM, E QUE NINGUÉM RETIRE O DESEJO DE SONHAS COM UMA VENEZUELA MELHOR! DISSE PÉREZ

Irbing Velasco
Gazeta Central do Brasil

Conrado Pérez, ele nos deu esta entrevista, jovem profissional, um nativo do estado de Trujillo, Venezuela, onde mais uma vez a oposição forças continuar a lutar contra o regime ditatorial. 


Então deixe-nos que o jovem candidato do primeiro justiça:

Eu não improviso, eu sou um profissional com projetos em mãos que nascem dos passeios que faço todos os dias nas comunidades. 


Meu trabalho de rua é observado diariamente e minha luta é para minha comunidade, minhas municípios, pelo meu Trujillo e meu Venezuela! 

Comigo você terá na Assembleia Nacional um verdadeiro representante. 


Eu prometo dar tudo e retornar as oportunidades que surgem no nosso país. 

Nós somos a força jovem, e ninguém melhor do que nos procura verdadeiros progressos!

Como Conrado Pérez vê a solução definitiva para a crise na Venezuela?


Crises mais profundas vêm melhores mudanças, então o importante é lidar com projetos que oportunidades de retorno, especialmente aos jovens para que eles podem formar uma casa, compram uma casa, um carro e o trabalho sem ter que ir a Venezuela para alcançar o progresso.


Quais são as prioridades que olha Conrado Pérez para participar nesta competição eleitoral, um resultado que já sabemos como é o Conselho Nacional Eleitoral

Eu acredito em CNE, eu acredito nessa votação e sei que é a melhor saída para esta crise.

Apoiar-nos 100% e sei que juntos nós fazemos nosso melhor para nosso estado! Que ninguém Retire o desejo de sonhar com uma Venezuela melhor! 

Esse sonho será mais perto de vitória em 17 de maio na primária! Não você remover sua voz, vá sem medo.

Como Conrado Pérez descreve a mesmo:


Eu sou um veterinário, apaixonado sobre a briga na rua com o progresso do país. Eu me defino por amizade, trabalho e responsabilidade. 

Eu impelido não minha candidatura, saiu da rua sobre as viagens e o povo me escolheu no interno do Primero Justicia.

SABE QUEM ENTROU COM A REPRESENTAÇÃO CONTRA O JUÍZ SERGIO FERNANDO MORO, O MESMO QUE INVENTOU EM 2014, UM ARGUMENTO DE SUA TEORIA " INACEITÁVEL PARA DIZER - QUE O PT NÃO POLITIZOU A COPA- " EDUARDO GUIMARÃES ELE É AUTOR DO PROJETO DE LEI CENSURA DE TODAS AS MIDIAS E DAS REDE SOCIAIS ALÉM DE SER CRONISTA DO PRÓPRIO PT

FONTE DA PÁGINA NA REDE SOCIAL 

Se a casa esta infestada de ratos; que adianta tirar uma ratazana através de impeachment, se depois ela pode voltar?


Impeachment é enganação dos políticos, para acalmar a população revoltosa; desta maneira esperam ludibriar a população, não devolver os valores surrupiados, manter suas varias aposentadorias, os vários cargos que ocupam ao mesmo tempo, e as mordomias!

E nós sabemos que ninguém consegue estar em dois lugares ao mesmo tempo, portanto isso também é roubo!

A limpeza precisa ser total!

Queremos representantes honestos, dignos e honrados, que tenham interesse no engrandecimento da Patria!

Não queremos parasitas, corruptos e ladrões nos representando!
Vamos divulgar, compartilhar.

O texto é seu, é nosso; a luta é sua é nossa, é pela pátria, é por vc, por nós, e por nossos descendentes.

Ou deixar a pátria livre, ou morrer pelo Brasil!



Algo  esta  errado nesse  País, no dia  04  de maio  foi  protocolado  uma representação no CNJ, em face  ao Juíz  MORO, por  causa  de uma prisão de  uma  senhora  Marice  Corrêa Lila e a prisão  do  então  injustiçado o senhor João Vaccari  Neto, mas  , por  outro  lado  quem é  o senhor autor da  representação  EDUARDO  GUIMARÃES. 

fonte de pesquisa  CETICISMO   POLITICO 

Esse  mesmo  cidadão, no dia 14  de JULHO de 2014, publicou  um argumento de invenção de sua teoria, sobre " um argumento inaceitável para dizer que “PT não politizou a Copa”,  vou  publicar  na [integra  o que  ele mesmo  publicou:


Apenas a título de hipótese e ilustração, imagine que sua irmã chegue em casa e diga: “Maninho, resolvi ir para a vida fácil. Eu vendo meu corpo na rua, para complementar a renda”.

Em choque, você não consegue emitir uma palavra sequer durante alguns minutos. Passado o impacto inicial, você diz, misturando sentimentos de angústia e pena: “Bem, pelo menos você não virou colunista do Brasil247″.

Eduardo Guimarães é incorrigível. Um dos mais empolgados cronistas chapa branca, um dos ícones da BLOSTA, além de um dos arquitetos dos projetos de censura de mídia do PT, mostrou o nível de gente que escreve para esse tipo de publicação. Leia este trecho do texto Veja entrega o jogo e mostra quem é que politiza o futebol, visto hoje no Brasil247:

Nunca se responsabilizou um presidente da República pelos resultados da Seleção brasileira. Ganhando ou vencendo, nunca responsabilizaram Fernando Collor, nunca responsabilizaram Itamar Franco, nunca responsabilizaram Fernando Henrique Cardoso e, por incrível que pareça, nem mesmo responsabilizaram Lula.

Dilma, como qualquer presidente de qualquer país, apareceu em uma foto torcendo pela Seleção. Não há nada de demagógico nisso.

Um presidente da República representa todos os brasileiros. Se ela não aparecesse torcendo pela Seleção em um evento desse porte em seu próprio país no mínimo seria acusada do oposto, de torcer contra. Nesse caso, a capa de Veja diria algo mais ou menos assim: “Será que ela torceu contra?”

Neste ano, além de Dilma, muitos outros presidentes apareceram em fotos torcendo por suas seleções. E não foram “ditadorezinhos bolivarianos”, foram chefes de grandes nações.

Guimarães é o mais fiel exemplar da decadência moral de jornalistas militantes tentando defender o indefensável. Ele é taxativo ao dizer que a Veja afirmou que o PT politizou a Copa apenas por que Dilma “apareceu em uma foto torcendo pela Seleção”.

Leia agora este bloquinho a seguir:

Agora, Veja foi tirar da foto de Dilma torcendo pela Seleção a tese de que ela, por isso, estaria politizando o futebol. É ridículo, é injusto e, pior, é um desrespeito com a sociedade, pois Veja é quem está usando politicamente o futebol, não Dilma. Porém, Veja acusa a presidente de fazer o que quem está fazendo é a revista, descaradamente.

O que importa não é o conteúdo da matéria de capa da Veja desta semana, que ninguém vai ler exceto os psicóticos que compram aquela porcaria para se masturbarem politicamente com as próprias convicções. O que importa é a capa, a manchete. É por meio delas que a mídia brasileira joga sujo, através de ideias burras e prontas como essa, a de Dilma ser responsável pelo desempenho da Seleção.

Quem opta por criticar aquilo que não leu dá nisso. Mas eu aposto em desonestidade mesmo.

Em nenhum momento a Veja (que publicou uma matéria de capa dizendo “Vai sobrar para ela?”, com a foto de Dilma e a opinião de vários colunistas) disse que a politização do futebol pelo PT residiu na presença de Dilma nos estádios. O fato de Eduardo Guimarães ter afirmado isso é um exemplo do nível de trapaça intelectual da qual ele depende.

Um dos recursos mais sujos possíveis é alguém fingir um falso motivo para uma acusação, tentando se defender desta acusação. Por exemplo, imagine um bandido preso por estupro, que tenha sido filmado estuprando sua vítima. Vestindo uma camisa verde no momento de sua prisão, ele começa a protestar: “É absurdo me prenderem por usar camisa verde. Aquele ali está usando camisa verde e não está sendo preso! Isso é injusto!”. É exatamente esse o truque tentado por Eduardo.

Como este blogueiro que vos escreve não cai em nenhum dos contos de Eduardo Guimarães, vamos, então, ver os motivos pelos quais qualquer pessoa está legitimada a acusar os líderes petistas e sua BLOSTA de politização da Copa em um patamar ético que fica abaixo da crítica moral:

O PT tentou usurpar os méritos das empresas de aviação (que não atrasaram os vôos), da FIFA (que pressionou o aceleramento da construção dos estádios), do povo brasileiro (que recebeu bem os estrangeiros) e das seleções (que fizeram ótimos jogos), para tentar dizer que o sucesso extra-campo da Copa foi um “mérito do governo”. Em suma, o governo tomou 4×0 da iniciativa privada. 
Eles comeram lavagem e arrotaram caviar.

Os jornalistas da BLOSTA começaram a usar a seleção como um símbolo para manipular a percepção do eleitor. Algo como “pátria de chuteiras”, mesma simbologia usada na época da ditadura militar. Enfim, quem “colou” na seleção foi o PT. Tudo por que eles quiseram apelar à demagogia mais rasteira.

Ao mesmo tempo, o PT não fez nada que preste para melhorar a infraestrutura brasileira. Tanto que o cidadão já está sentindo que a Copa não  melhorou seu estilo de vida. O trânsito continua um lixo, a violência segue do nível do Iraque e os hospitais públicos são o inferno na terra. Ainda assim, foi um belo torneio. Nessa situação, ver o PT tentar capitalizar significa no mínimo um tapa bolivariano na cara de toda uma população.

Como se isso não fosse suficiente, logo após as duas derrotas da seleção, eles surgiram com propostas de estatização do futebol, em um verdadeiro atentado contra a dignidade humana. Até nesse momento de tristeza, eles pensam em aumento de seu poder a partir do aparelhamento estatal. Agora no futebol.

Durante toda essa campanha, o PT apelou a discursos de ódio, dizendo existir “bons e maus brasileiros”, apenas por que reclamavam ou não de nossa infraestrutura, ou torciam ou não pela seleção. Nesses momentos, o PT se mostrou entranhado até a raiz da alma no chiqueiro.

E a coisa não termina por aí, pois agora eles tentam dizer que a culpa da derrota da seleção é da mídia, pois o PT passa o tempo todo pensando em censura da imprensa, sempre apelando ao discurso hidrófobo.

Esses pontos acima, somados ou não, são o problema, e após uma derrota da seleção brasileira, o sentimento de ilusão criada pelo próprio PT uma hora ia desvanecer.

Esses são os motivos pelos quais a campanha de Dilma será afetada após o fracasso da seleção brasileira. Tudo por culpa desse próprio partido bolivariano. E nada disso tem a ver com Dilma ter ido aos estádios. Aliás, propagar discursos como esse de Eduardo Guimarães, com conteúdo forjado no ódio, no rancor e na covardia é mais um dos exemplos de como o PT só consegue politizar a Copa com uma sujeira de embrulhar o estômago de qualquer ser humano minimamente ético." 

GAZETA  CENTRAL IRBING INTERNACIONAL 05 DE MAIO DE 2015 

E  agora  ele  aparece  protocolizando  uma petição  no CNJ, contra  o MAGISTRADO  SERGIO FERNANDO  MORO.


Na tarde de segunda-feira, 4 de maio de 2015, foi enviado por Sedex a Brasília representação ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o magistrado Sergio Fernando Moro, que oficia perante a 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná. O processo será protocolado nesta terça-feira, dia 5.


A reclamação contra o magistrado deveu-se a fatos como a recente prisão temporária da cunhada do ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores João Vaccari Neto, senhora Marice Corrêa Lima – a prisão foi levada a efeito de forma indevida.

A reclamação também foi feita contra a omissão de Moro no que diz respeito à investigação dos vazamentos (seletivos) da Operação Lava Jato; contra a investigação apenas do tesoureiro do PT apesar de partidos como PMDB e PSDB terem recebido as mesmas doações de empreiteiras pelas quais o Partido dos Trabalhadores está sendo investigado; contra uso da pena de prisão para obter “delações premiadas”, que têm que ser objeto de ação voluntária dos que se candidatam a obter esse benefício da Justiça.

A representação foi assinada pelo autor deste Blog, porém foram juntadas à petição as manifestações de 3.410 leitores que apoiaram a iniciativa.

Vale ressaltar que essa representação não foi levada a efeito em benefício ou proteção de qualquer partido e, sim, do Estado Democrático de Direito, que passa a ser violado quando uma pessoa é presa indevidamente, como foi a senhora Marice.

Diante desses fatos, convido você a ler a íntegra da representação e, caso concorde com seus termos, a que deixe seu comentário de apoio. Apesar de os comentários feitos anteriormente já estarem sendo enviados à Justiça, ficará o registro de sua manifestação.




Leia, abaixo, a representação ao CNJ contra o Juiz Sergio Fernando Moro

*

AO

EGRÉGIO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA – CNJ.

EXMO. SR. DR. PRESIDENTE MINISTRO ENRIQUE RICARDO LEWANDOWSKI

BRASILIA – DF.









REF: REPRESENTAÇÃO EM FACE DO MM. JUIZ DE DIREITO DA 13ª. VARA FEDERAL DE CURITIBA – PARANÁ DR. SÉRGIO FERNANDO MORO.







EDUARDO GUIMARÃES, brasileiro, casado, representante comercial, portador da cédula de identidade RG. n. XXXXXXXX e do CPF n. XXXXXXX, título eleitoral n. XXXXXXXXXX, com endereço na Rua XXXXXXXX, n. XXX, apto. XXX, Bairro XXXXXXXX, São Paulo-SP,  em pleno gozo de seus direitos civis e políticos, vem, respeitosamente, perante V.Exa., com supedâneo na vigente Constituição da República Federativa do Brasil, Título II – Dos Direitos e Garantias Fundamentais –, Capítulo I – Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos, em seu artigo 5º –,  que determina:

“Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

– o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou contra o abuso de poder;


com apoio de 3.410 ( três mil, quatrocentos e dez) cidadãos brasileiros, manifestados em meio eletrônico em matéria publicada na Internet no site Blog da Cidadania, de responsabilidade do signatário  deste,  conforme documentos anexos,  vem, respeitosamente, perante V.Exa., apresentar  REPRESENTAÇÃO  ao  CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA – CNJ  em face do Magistrado Dr.  SERGIO FERNANDO MORO, que oficia perante a MM. 13ª. Vara da Justiça Federal, com endereço na cidade de Curitiba – PR, atuando na condução das investigações da chamada “ Operação Lava Jato ” e respectivos processos judiciais  correlatos,  pelos motivos de fato e de direito a seguir expostos:




DOS FATOS



- Da prisão ilegal da cidadã Marice Corrêa  Lima e da execração pública da sua imagem nos meios de comunicação de massa.



O nome da cidadã brasileira Marice Corrêa Lima apareceu com destaque na imprensa brasileira no dia 14 de novembro de 2014, pois, nesse dia, a Polícia Federal – PF prendeu 21 executivos de oito das maiores empreiteiras do país, todos acusados de participação no esquema de corrupção que teria desviado recursos da Petrobras em esquema de cartel formado pelas empresas, desviando recursos e pagando propinas para partidos políticos diversos.

O juiz federal Sérgio Moro, ora Representado, responsável pela condução das investigações da Operação Lava Jato da PF e oficiante nos processos judiciais correlatos,  determinou a Prisão Preventiva  dos executivos, incluindo os presidentes de quatro empreiteiras, Camargo Corrêa, Iesa, OAS e UTC.

Na oportunidade, devido a denúncia feita em procedimento de delação premiada do doleiro Alberto Yousseff no sentido de que um representante da empreiteira OAS mandou entregar R$ 110 mil a Marice Corrêa Lima, cunhada do tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, e ex-coordenadora administrativa do PT nacional, o juiz Sergio Moro, ora Representado, também determinou que ela sofresse condução coercitiva para prestar depoimento.

Conforme fontes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, que também oficiam perante a 13ª. Vara da Justiça Federal de Curitiba-Pr, e o próprio juiz Sergio Moro, afirmaram aos meios de comunicação que caso fosse comprovado o recebimento de recursos da empresa  OAS por  Marice Correa Lima, esse seria o primeiro elo concreto entre as empresas envolvidas no atual escândalo do cartel da Petrobras e João Vaccari Neto, então tesoureiro do Partido dos Trabalhadores – PT.

Ocorre que até o dia 15 de abril deste ano, não havia sido encontrada essa prova.  Nesse dia, porém, concomitantemente à prisão do então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, a chamada grande imprensa anunciou, em mais um dos inúmeros “vazamento seletivos de informações”   dos procedimentos  judiciais  dos autos da  “ Operação Lava Jato” da 13ª. Vara Federal de Curitiba,  a existência de  uma  ordem de prisão decretada pelo Representado  contra a cunhada  de João Vaccari Neto,  a Sra. Marice Correia Lima.  Cerca de 24 horas depois, ela já aparecia na imprensa escrita, falada e televisada do Brasil e até do exterior como sendo   “foragida” da justiça brasileira.

O portal G1 foi um dos tantos veículos que noticiou a condição de “foragida” de Marice Corrêa Lima.

http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2015/04/cunhada-de-joao-vaccari-neto-e-considerada-foragida-afirma-pf.html

No mesmo dia 16 de abril, à noite, o Jornal Nacional anuncia que, segundo informações do advogado de Marice, ela prometera se apresentar no dia seguinte (17), sexta-feira.

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/04/advogado-de-cunhada-de-vaccari-diz-que-ela-vai-se-entregar-nesta-sexta-17.html;

Mas ocorre que, segundo informações de seu Advogado, Marice, na realidade e na verdade dos fatos, estava no exterior de forma legal, participando de um  congresso no Panamá,  representando a entidade sindical da qual faz parte, e decidiu voltar ao Brasil assim que soube da decretação da sua prisão preventiva. No dia 17 de março, ela se entregou à polícia devido à ordem de prisão temporária emitida pelo juiz federal Sergio Moro, ora Representado.

No dia 21, vencido o prazo de cinco dias da prisão temporária de Marice, o juiz Moro informa à imprensa que irá prorrogar por mais cinco dias a prisão de Marice.

Para justificar sua decisão, o juiz federal Sérgio Moro, ora Representado, afirma  que a cunhada de João Vaccari Neto faltou com a verdade no depoimento dado no dia 20 de abril à Polícia Federal.

O juiz concluiu que foi Marice quem depositou em espécie, e em pequenos volumes, um total de R$ 583 (quinhentos e oitenta e três) mil reais, entre os anos de  2008 e 2014, na conta da irmã dela, Giselda Rousie de Lima, que é esposa de João Vaccari Neto.

No depoimento, os investigadores perguntaram a Marice se ela realizou depósitos em espécie na conta da irmã – inclusive no ano de 2015. Marice afirmou que não.

Mas os representantes do Ministério Público Federal  então apresentaram imagens, registradas no mês passado, do sistema de segurança do banco em que Giselda tem conta.  Segundo o MPF, a mulher do vídeo fazia, na oportunidade, um depósito no caixa automático.

Depois de analisar as imagens, o juiz Sergio Moro, ora Representado, afirmou nos autos do processo que preside, e aos meios de comunicação, ter concluído que tais imagens não deixavam “qualquer margem para dúvida” de que a pessoa em questão seria Marice Correa de Lima.

Mais grave ainda, o juiz Sérgio Moro, ora Representado, destacou que a cunhada do ex-tesoureiro do PT teria continuado a fazer os depósitos na conta da irmã mesmo com o início da Operação Lava Jato. Para tanto, baseou-se nas imagens de alguém que supostamente seria Marice em um caixa automático (!)

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/04/justica-do-parana-prorroga-prisao-da-cunhada-de-joao-vaccari.html;

No dia seguinte (22 de abril), a defesa de Marice alega que quem aparece no vídeo não é Marice, mas a irmã dela, Giselda Rousie de Lima, esposa de Vaccari Neto (!!)

Nesse momento, nas redes sociais e em blogs, começam a ser feitas comparações entre as imagens das duas mulheres – Marice e Giselda – e vai ficando claro que a mulher que aparece no vídeo, que o juiz Moro dissera que não deixaria “qualquer margem para dúvida”, não era Marice e, sim, a irmã.

No dia 23 de abril, a imprensa já apontava que o juiz Moro recuara da “certeza” de que o vídeo do caixa automático lhe inoculara e passara a dizer que aquela certeza sumira.

Reportagem do jornal Folha de São Paulo de 23 de abril registrou a incoerência das declarações do juiz e mostrou que o vídeo inconclusivo fora a base para a prisão temporária de Marice e para que – após ter sido novamente interrogada, depois de presa, e reiterado que não fizera depósitos na conta da irmã – o juiz Moro decretasse a prorrogação de sua prisão.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/216922-juiz-agora-questiona-video-que-levou-a-nova-prisao-da-cunhada-de-vaccari.shtml

Nesse mesmo dia 23 de abril, como que intimidado ou alertado pela repercussão desses fatos na imprensa, o juiz Moro, ora Representado, recua de sua decisão de prorrogar a prisão de Marice. No dia seguinte (24), o mesmo jornal Folha de São Paulo publica reportagem que mostra que nunca houve uma razão sólida para o juiz declarar certeza sobre o vídeo do caixa-automático;

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/217082-em-duvida-sobre-video-juiz-manda-soltar-cunhada-de-tesoureiro-do-pt.shtml;

Como pode ser visto no link acima, segundo o jornal Folha de São Paulo “Marice foi liberada por ordem da Justiça após surgirem dúvidas se, de fato, é ela quem aparece em vídeos fazendo depósitos em caixas eletrônicos de duas agências bancárias do Itaú. Até então, os vídeos eram evidências de que Marice realizava depósitos na conta da mulher do dirigente petista, Giselda Rousie de Lima”.

Essa reportagem foi ainda mais longe. A pedido da Folha, a empresa Innercalc, especializada em tecnologia de reconhecimento facial, comparou as imagens fornecidas pelo Itaú com fotos dos rostos de Marice e Giselda e concluiu que “Apesar da baixa qualidade das imagens, é matematicamente desprezível que seja Marice nas imagens do banco”.

Com base nesse episódio, no dia 24 de abril o autor desta petição publicou em seu Blog artigo intitulado “Eu gostaria de representar ao CNJ contra Sergio Moro. E você?”

No endereço da Internet:

http://www.blogdacidadania.com.br/2015/04/eu-gostaria-de-representar-ao-cnj-contra-sergio-moro-e-voce/

A seguir, o teor do artigo, que segue como documento anexo a esta Representação:



Eu gostaria de representar ao CNJ contra Sergio Moro. E você?



São Paulo, 24 de abril de 2015



Eduardo Guimarães


ATENÇÃO PENSIONISTAS, APOSENTADOS, ESTÁ PREVISTO UM CORTE DE 600 MILHÕES DE BENEFÍCIOS MOTIVO SUSTENTABILIDADE SEGUNDO A CECILIA MEIRELES

"Em relação às pensões, há uma questão de sustentabilidade que tem que ser resolvida e aquilo que está previsto no documento corresponde exactamente àquilo que o primeiro-ministro tinha falado já há um ano e que esperemos que seja possível chegar a um compromisso com o principal partido da oposição", declarou Cecília Meireles aos jornalistas, no parlamento.
A vice-presidente da bancada do CDS-PP Cecília Meireles concordou hoje com o corte de 600 milhões nas pensões que o Governo anunciou, argumentando que há um problema de sustentabilidade, e também não adiantou como pretende fazê-lo.

Questionada depois sobre a posição do CDS-PP e a forma de realizar a reforma no sistema de pensões, que, de acordo com o Governo envolve um corte de 600 milhões de euros, Cecília Meireles reiterou que "há um problema de sustentabilidade do sistema de pensões" e que é "preciso chegar a uma solução de compromisso".

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, afirmou hoje que o Governo prevê poupar 600 milhões de euros em 2016 com uma reforma do sistema de pensões, mas não esclareceu como pretende fazê-lo.

Maria Luís Albuquerque explicou na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros que aprovou o Programa de Estabilidade e o Plano Nacional de Reformas, que a ausência de pormenores sobre a poupança a obter resulta da falta de disponibilidade para o diálogo da parte do PS.

A ministra disse que, como "hipótese meramente técnica", o Governo manteve a proposta que estava no Documento de Estratégia Orçamental (DEO) do ano passado relativamente à reforma de pensões, embora ela tenha já sido chumbada pelo Tribunal Constitucional.

Cecília Meireles defendeu ainda que o documento anunciado pelo Governo "traz notícias importantes às famílias", nomeadamente a redução da sobretaxa do IRS, "uma redução que começa já em 2016, já para o ano, e que, ano a ano, parcela a parcela, se vai fazendo sentir progressivamente até a sobretaxa acabar".

"Aquilo que foi dito e que o CDS sempre defendeu é que era importante que uma medida excepcional não se tornasse em normal. Temos que compreender que fazemos propostas realistas e, neste momento, fasear as medidas é a melhor forma de garantir que são cumpridas", afirmou.

Também relativamente à redução do IRC, a 'vice' da bancada centrista valorizou a medida, considerando que é "uma verdade inegável que desde que o IRC começou a diminuir, o investimento começou a aumentar".

"Investimento quer dizer - no curto, no médio e no longo prazo -, emprego e, portanto, é essencial", declarou.

Cecília Meireles elogiou também a continuação da "redução faseada nos cortes nos salários da Função Pública, o que quer dizer a recuperação gradual do poder de compra dos funcionários públicos".

A deputada centrista sublinhou que o documento fala já de um "crescimento na casa dos 3% e de uma taxa de desemprego na média europeia".

De acordo com a ministra das Finanças, o Produto Interno Bruto (PIB) deverá crescer 1,6% em 2015, acima dos 1,5% previstos anteriormente, e 2% em 2016, acima dos 1,7% anteriormente estimados, sendo que, para os três anos seguintes, o Governo espera um crescimento de 2,4%.

Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog